Concurso de Blog

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Percurso do Curso Tecnologias na Educação

Tenho como tarefa compartilhar minha trajetória no curso Tecnologias na Educação, como também minha experiência com as TIC. O curso Tecnologias na Educação: ensinando e aprendendo com as TIC (60h) é um dos cursos do ProInfo Integrado.
Vamos ver se consigo ;) deixar meu recado.
Participar de cursos é sempre prazeroso, ainda mais quando a turma é composta por pessoas com o mesmo objetivo. Não posso esquecer de comentar sobre a mediação que tem um peso bastante significativo, pois pode ser um dos motivos pelo qual o aluno pode evadir de cursos de formação continuada.
Para realizar as atividades do curso (TIC) procuro fazer as leituras sugeridas no guia do cursista como também fazer leitura das postagens feita pelos colegas. É bem interessante ler o que o teu companheiro de turma pensa sobre um determinado tema, etc. Procuro fazer minha atividade e somente depois ler a dos colegas, pois acho que a leitura antecipada pode influenciar minha construção.
Já tem um bom tempo que trabalho com tecnologias na educação, fiz especialização em 1998 na UFS e desde então componho a equipe do NTE de Rio Branco. Gosto muito do meu trabalho, mas os desafios são muitos, pois inserir as tecnologias na escola, na sala de aula não é tarefa fácil, pois requer a conseguir seduzir a equipe gestora da escola para incentivar a participação em cursos, oficinas e demais ações que são oferecidas pelo setor.
Confesso que muitos dias acordo desanimada com toda a situação que vivenciamos, mas procuro pedir a Deus força para continuar a caminhada, e as vezes desabafo com alguns colegas, logo depois melhoro. Acredito que isso faz parte de muitos profissionais. Não vou desistir nunca ;)

Ia esquecendo de comentar que sou tutora no Curso de Especialização de Gestão Escolar, uma atividade que proporciona muitas experiências.
Em um dos encontros no Instituto São José. Foto salva do Facebook da mediadora Cirlanda Costa

terça-feira, 4 de agosto de 2015

Estudos no Curso de Tecnologias na Educação

Reunidos com os colegas de turma da formadora Cirlanda Costa no Instituto São José para dialogarmos sobre a Unidade 2. A tarefa faz parte da atividade sobre o conceito de hipertexto. Vou disponibilizar o que citei sobre essa atividade no AVA.
Atividade 2.1
A Internet é uma fantástica fábrica de informação que pode proporcionar ao usuário imensuráveis formas de pesquisas, mas ao mesmo tempo pode ser vista como perigosa quando não se tem formas de filtrar a informação encontrada nos sites de buscas.
Bem, a questão aqui é sobre o hipertexto, e vou começar citando a definição do Demi Getschko engenheiro eletricista e membro do CGI onde ele diz que “hipertexto é uma forma de embutimos em um texto outros textos, outras informações. Em suma, é uma forma resumida de inserir informação que se expande através dos links”.
Fantástica e simples a definição, agora é aproveitar os inúmeros textos e hipertextos dispostos na Internet. 

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Socializando conhecimentos

A semana de 27 a 31 de Julho foi super prazerosa prque esstive reunida com os professores do NTE de Xapuri e de algumas ecolas que dispuseram a compor a equipe de estudos. Conversamos sobre a criação de blog, sobre o concurso da semana Viver Ciância, Facebook, oficina de prezi, lousa digital, sobre o e-Proinfo e SIPI.
Aproveitei para visitar os amigos e claro que todos os dias aparecia um local para jantar, na verdade foi uma semana de muitos estudos e amigos.
Semana super produtiva.

Montagem criada Bloggif

terça-feira, 19 de agosto de 2014

Oficinas na SBPC



Durante a SBPC/2014, período de 23 a 27 de Julho, as multiplicadoras do NTE representada pelas multiplicadoras, Maria Naderge, Gleice Maria, Lucilene Feitosa, Rosilene Onofre, Ana Cristina com colaboração de Érica Vasconcelos, Patrícia Geber e Maria do Carmo, ofereceram aos visitantes oficinas de Infográfico, Mapa Mental, Prezzi e Blog. O público foi diversificado, participaram professores, alunos de escolas públicas e privadas como também alunos de universidades de outros estados que vieram apresentar trabalhos. Verifique a demanda no Mapa Mental.
Essas oficinas fazem parte do cardápio de atividades oferecidas nas escolas, basta o agendamento para ser aplicada na data estipulada pela gestão da escola.

quarta-feira, 9 de julho de 2014

segunda-feira, 7 de julho de 2014

Encontro do curso de Elaboração de Projetos

Os encontros presenciais do curso de Elaboração de Projetos do Proinfo Integrado tem sido super proveitosos, os encontros acontecem as segundas-feira onde discutimos o material, dúvidas e postagens das atividades no AVA. As demais orientações são realizadas online como sugere o curso.
A turma é da Formadora Andréia Vasconcelos.
Professores turma da formadora Andréia Vasconcelos

terça-feira, 24 de junho de 2014

Inscrição para as oficinas de Julho

Venha participar das oficinas que serão oferecidas na semana de 07 a 12 de Julho no laboratório de Informática do Núcleo de Tecnologia Educacional Estadual - NTE. Serão oferecidas oficinas de Mapas Mentais e Infográficos.

Oficina de blog - equipe EJORB

Dando continuidade ao cronograma de oficinas oferecidas para as escolas estaduais, as formadoras do NTE Rio Branco Ana Cristina, Gleice Moreira e Lucilene Amorim, estão agora à tarde trabalhando blogs no laboratório de informática do Instituto São José com professores da escola Escola José Ribamar Batista - EJORB.

Profª. Ana Cristina em ação

A coordenadora de ensino Fátima Suzuki e sua equipe estão criando um novo blog, em formato mais institucional, para divulgar as ações pedagógicas desenvolvidas pela gestão da Escola José Ribamar. As professoras Samara e Jaciene estão criando blogs específicos para trabalharem em suas áreas com as turmas da escola.

A discussão foi muito rica, pois os professores mostraram muito contentamento em conhecer ferramentas funcionais para trabalharem com seus alunos, como por exemplo, linkar documentos no Google Drive para ampliar as leituras, incentivando os alunos a acessarem material disponível fora dos muros das escolas e além do tempo de sala de aula.
O endereço do novo blog institucional da EJORB é soumaisejorb.blogspot.com.br.

Gleice, Ana Cristina, Jaciene e Samara,
Lu, Ana, Tita e Fátima

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Filmes na sala de aula

O amigo, Adão Rios, enviou uma dica de um blog super bacana com dicas de Filmes para serem usados em sala de aula. Compartilho essa dica super bacana.
Blog

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Educar nos três tempos: passado, presente e futuro

"Eu educo hoje, com os valores que recebi ontem para as pessoas que são o amanhã.
Os valores de ontem, os conheço. Os de hoje, percebo alguns.
Dos de amanhã, não sei. Se só uso os de ontem, não educo: condiciono.
Se só uso os de hoje, não educo: complico.
Se uso os de amanhã, não educo: faço experiências às custas das crianças.
Se uso os três, sofro. Mas educo.
Por isso, educar é perder sempre, sem perder-se.
Educa quem for capaz de fundir ontens, hojes e amanhãs, transformando-so num presente onde o amor e o livre arbítrio sejam as bases.
Educa quem educará porque é capaz de dotar os seres dos elementos de interpretação dos vários "presentes" que lhe surgirão repletos dos "passados" em seus "futuros". "


Arthur da Távola

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

3.2 Traçando o histórico da relação escola/comunidade

Atividade do Curso Redes de Aprendizagem:
Orientações:
Caro cursista, após a leitura das orientações para esta atividade, produza um relatório focalizando ações comunitárias induzidas e promovidas pela esc ola envolvendo os jovens durante o processo pedagógico, as quais possibilitaram o exercício dessa característica do jovem brasileiro de sonhar e querer fazer algo por sua comunidade localmente.Empenhe-se em contar essa história, com riqueza de detalhes, fotos, divulgação nos meios de comunicação entre outras informações que considerar relevantes. A postagem será no blog da escola. 

 Socializando:
Como não estou atuando direto na escola, não tenho concretamente nenhum projeto atual para comentar, mas temos alguns que já vivenciamos e que foi muito representativo tanto para a escola como para a equipe do NTE que esteve envolvida.
No ano de 2007 tivemos um projeto sendo desenvolvido na Comunidade Minha Terra, onde as escolas são convidadas a contar uma história, uma festa, uma receita, uma forma de produzir ou de brincar de sua região. Tivemos o privilégio de colaborar com a professora de Língua Portuguesa da escola de Ensino Médio José Rodrigues Leite a trabalhar com alunos do 1º ano o modo de trabalho dos feirantes do Mercado Municipal Elias Mansour. Os alunos participavam das atividades no portal do EducaRede, interagiam com alunos de escolas de outras regiões, e aproveitaram todas as ferramentas disponíveis para a realização do projeto. A finalização do projeto foi um texto “o cantinho do burburinho” selecionado a fazer parte do livro Minha Terra. Leia reportagem na agencia de noticias
O livro e o CD interativo estão disponíveis para download no endereço eletrônico
http://educarede.org.br

Outro projeto que nos envaideceu bastante, também trabalhado na mesma plataforma, foi sobre a vida do Chico Mendes e sobre a vida do Capitão Ciríaco. Esses dois projetos foram mediados pela Professora de Língua Portuguesa Ozi Cordeiro . Os dois projetos foram escolhidos a participar do Documentário Minha Terra

terça-feira, 1 de outubro de 2013

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Pesquisas Escolares


Situação-problema 3:
Analise a realização das pesquisas escolares hoje em dia e nos seus tempos de escola.




As pesquisas na sala de aula e nas tarefas de casa ainda são preocupantes, já que os alunos possuem inúmeras formas de acesso às informações. Essas informações podem ser utilizadas da forma que assim desejarem, muitos se satisfazem com o resultado da primeira pesquisa, se acomodam e não fazem relação com nenhum fato. A pesquisa é o primeiro passo para conhecer, mas para que se transforme em conhecimento é necessário comparar, perguntar, indagar até chegar a conclusão. O papel do professor é importante nesse processo, pois ele passar a ser o mediador de conteúdos e não repassador de informações, o professor precisa ser pesquisador junto com os alunos e articular a aprendizagem.
Antigamente não tínhamos tantas tecnologias a nossa disposição para pesquisa, mas tínhamos educação de mais qualidade, professores mais engajados, quantidade menor de alunos e uma vida mais tranquila, sem tantas cobranças imposta pela sociedade. Era uma escola tradicional com muitas qualidades para a época, pois não sei se para os dias de hoje funcionaria, acredito que não na proporcionalidade de antigamente, mas penso que alguns aspectos seriam positivamente.
Achei interessante e quero compartilhar situações diferentes vivenciadas por duas crianças. O vídeo do Ipad está  disponível no curso Redes de Aprendizagem. A outra foto, encontrei no status de uma amiga no Facebook.

Foto disponível no Facebook
Disponível no YouTube